GUILHERME DOURADO

Natural de Aparecida de Goiânia, Goiás, com 8 anos de carreira. No começo de 2019 iniciou o curso técnico de atuação da Academia Internacional de Cinema, onde realizou diversos projetos audiovisuais, filmes, laboratórios de atuação e monólogos, com direção de Vanessa Prieto, Michelle Boesche, Sabrina Greve, Antonio Vanfill e Daniel Granieri. Recentemente fez o filme "PSICOSSOMÁTICO" dirigido por Francisco Lira, com o coletivo CONTRAPLANO através de um projeto do Instituto Criar e Projeto Paradiso, participou também do filme ALGUNS PASSOS de Caio Castelhano. Recentemente também atuou na série "Colônia" com Augusto Madeira e Andréia Horta, direção de André Ristum e produção de elenco de Alessandra Tosi. Em 2019 fez o filme "TEOLOGIA" de Alan Borgartz e Vinicius Galvanese nesse ano também fez parte do filme "Sala de Espera" premiado no Filmworks Film Festival dirigido por Alan Borgartz. Em 2016 esteve no projeto de artes cênicas do NAC-Núcleo de Artes Cênicas com direção e coordenação de Lee Taylor. No ano de 2015 fez um curso técnico de teatro na Cia de Teatro Contemporâneo no Rio de Janeiro com montagem da peça "Sombras da Maldade". Do ano de 2012 à 2014 encenou a peça "Coisas pra se dizer bem perto" em Goiânia, Goiás. Hoje segue estudando atuação e realizando projetos e pretende continuar com essa pesquisa por muitos anos

GUILHERME DOURADO
 
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Instagram

©2020 Dri Costa Agenciamento Artístico